ENCONTRO DE CICLOVIAJANTES com Ernesto Stock

Nos encontros de Cicloviajantes trazemos heróis de suas proprias jornadas para trocarem suas vivencias. Nese próximo encontro, teremos o lançamento de livro e projeção de fotografias. São parte da programação do mês de aniversário de 8 anos da Bicicletaria Cutural. Ernesto Stock  em “A Fantástica Epopeia que não era”, é uma ficção inspirada em uma travessia de bicicleta entre o Atlântico e o Pacífico realizada em 2013. Esta edição terá a participação do professor e psiquiatra Renato Franco, que abordara temas referentes à relação entre o relato de viagem  e sua construção da narrativa apoiada na  memória.  
Esta é uma obra de ficção, livremente inspirada em uma expedição de bicicleta
que realizei em 2013 na companhia de dois amigos. Foram quase três meses
percorrendo o sul do Brasil, o Paraguai, a Argentina e o Chile. Três mil quilômetros entre
o Oceano Atlântico e o Pacífico.
Concebido inicialmente como um relato tradicional, este livro cedeu
progressivamente à pressão dos personagens sedutores, dos encontros inusitados e da
tentação de forjar relações improváveis. O que a princípio se configurava como uma
vantagem narrativa, a verdade dos fatos e minha privilegiada visão de autor onipresente
sabedor dos fins e dos meios, terminou do avesso.
Conforme a história se desenvolvia e eu tinha que recorrer à memória para
descrever uma cena ou um acontecimento, talvez reais, percebia, cada vez mais, a
nulidade desse esforço. A verdade dos contornos e das formas escondia um mundo que
meu próprio olhar buscava, e minhas referências seletivas construíam, baseadas em
certezas falsas e imprecisas. A constatação do inevitável acabou por enterrar qualquer
tentativa de apego aos fatos. Esse processo é percebido e explícito no decorrer da
narrativa. Um livro de estrada, um romance de aventura, uma epopeia contemporânea
de tudo o que não existiu ou poderia. E também com todos os problemas do meio do
caminho.
Temos aí um ponto fundamental na construção deste livro: a questão da
memória e a sua fabulosa capacidade de inventar lugares e elevá-los à categoria de
verdades incontestes. Não tenho nenhum compromisso com outra verdade que não
seja a que as minhas referências e todo um emaranhado de lembranças
convenientemente inventadas pela minha imaginação possam apresentar.
O que garanto que sobra é o cuidado com que eu cultivo as histórias que vou
ouvindo e vivendo pelo meu caminho, e o lugar especial que reservo para elas na
construção do meu mundo inventado. Quando voltei da minha viagem de bicicleta, fazia
pouco mais de um ano que meu avô tinha morrido e senti muito em não poder dividir
toda essa experiência com ele. Um ano depois da minha avó, que durante anos foi
perdendo pouco a pouco todas as memórias de que tanto se orgulhava. Mesmo quando
não lembrava mais seu nome e nem se reconhecia no espelho, sentava em frente à
janela e cantava junto com meu avô uma infinidade de canções que descobriram juntos
em mais de sessenta anos de músicas. Todas as sensações que transbordam das
lembranças e dão sentido. Toda a força da memória. Esse livro é, sobretudo, um
presente para o meu avô.
Divirtam-se.

 

15/08 na Bicicletaria Cultural – 20h / rua pres. faria 226 – 4131530022 – GRATUITO

Encontro para familiarização de mecânica de bicicletas

Pedale com segurança e autonomia. Bicicletaria Cultural quer que você tenha conhecimento sobre a extensão do seu corpo junto à machina bicicleta, e esta potencialize sua locomoção para chegar onde quiser.

Há 8 anos desenvolvemos uma oficina com 180minutos. As edições são quinzenais.

Interessados em se familiarizar com os processos mecânicos da bicicleta podem se inscrever antescipadamente com valor de $45, na hora $50 O encontro é direcionado ao publico em geral c/ idade a partir de 14 anos, abre caminho para o uso de ferramentas para manter seu veículo em bom estado para garantir sua segurança.

A oficina é teórico-prática com somente 06 (seis) vagas.

Conteúdo:

quadros c/prática de tamanhos

pneus c/prática de medição

câmaras e valvulas c/prática de remendos

aros e raios c/ prática de centragem

cubos c/pratica de revisao de cubos

freios c/pratica de regulagem

corrente e cambios c/prática de regulagem

DATA: 06 de julho 2019

HORA: 15h as 18h Antecipado R$45

Mais um ciclo da bicicleta comunitária em Curitiba

Emocionante é o poder do desejo, da vontade e da união.

De setembro a novembro de 2016, estivemos chamando as pessoas mais queridas e próximas do coração e da Bicicletaria Cultural para juntos Ampliar a Colméia, já que ciclistas são polinizadores da urbe!

Em 2017 ficamos inquietos na atualização de um projeto mais adequado ao que foi arrecadado. Que fosse econômico e administrável. E nesse calor de tarefas abrimos o blogue bicicletariaculturalprojetos.wordpress.com pra lançar boas referências, protótipos e conforme ía se adequando á prática real, este link foi esquecido.

Em 2018, no seu ciclo de 7 anos de atividades – ciclo sempre emblemático, anunciamos as reformas com uma equipe generosa e dedicada. Vale a pena ver os breves registros do making off no fb, aqui e insta.

Hoje, ao revisitar os sites que administramos (ainda que tardiamente) reencontramos aquele link dos projetos e devaneios e, é impressionante como nossos desejos conspiraram e dialogaram, num processo de contaminação, com as novidades que estamos lançando nesta quarta, dia 28/março – junto a intensa programação cultural, integrante do Festival de Teatro de Curitiba 2018.

A seguir, as dicas e pretextos para que você nos visite e se emocione conosco nessa vida maravilhosa.

Juntos somos mais!

Mais bicicletas!

Mais segurança!

“Prefeito, preste atenção! Vc’stá andando na contra-mão!”

💃 Musica flamenca com o coração e improvisações de Pablo Vares, do Uruguai no show “Encruzilhada”.
Dias 28 e 31 março e, 4 de abril.

🎭 o retorno do monólogo “A Anta de Copacabana” – que ja foi destaque nacional na temporada que esteve conosco e se ainda não viu #naoperca
dias 28 a 30/março e 01, 03, 06 e 07/abril

🎭 🎥 O mesmo ator, Adriano Peterman, fará tambem a estreia de “Bernard Só” com texto de Luiz Felipe Leprevost com transmissão em tempo real pela internet nesta fanpage e na CiaTeatroPortatil, transformando a obra em um híbrido entre o teatro e o audiovisual.
Dias 28, 30, 31/ março, 01/abril e continua direto de 3 a 8/abril.

🎭 sabe a origem desse símbolo aqui?Pensa num trabalho totalmente imerso na poetica teatral!! Eis a peça “Rapsodos”, um recorte do texto “Ilíada” de Homero e um resgate à Grécia Antiga, quando rapsodos duelavam na abertura das Olimpíadas pela interpretacao mais virtuosa. Com o querido e dedicado A.Peterman, Maureen Miranda e Stella Maris Moreira
dias 28, 29 e 31/março; de 2 a 6/abril e finaleira dia 8/abril.

🐞🐝《 esses é q são “Os Monstros”

na exposição em aquarela s/papel e acrilica s/ materiais reciclados de Maureen Miranda. Encantada desde criança (e quem não?) eis uma lupa sobre os insetos. Belíssimos trabalhos que inauguram novo ambiente e deliciosas novidades.
De 28/março até 8/abril ………………….🐜

💭📚 Pode contar que sempre sempre estaremos com crianças por perto. E desta vez o convite é para o lançamento de 15 belos livros da “Coleção Genoma” da Editora DVS, reunindo narrativas sensíveis e ilustrações da talentosa Maureen Miranda que adorariam serem coloridas pelos talentos mirins. Talvez vc conheça alguns autores, veja quais: Bruno Garcia, Carla Böhler, Fabíula Nascimento, Hilton Castro, James McSill, Leandro Daniel Colombo, Leonardo Medeiros, Letícia Spiller, Pablito Kucarz, Ricardo Severo, Rô Milani, Rodrigo Ferrarini, Rubens Caribé, Simone Spoladore e a ilustradora.
Lançamento dia 4/abril.

E quer assistir COLETIVO EL CAMINO reunido? Então venha com o coracão✊na forma de um punho fechado…

🎤🎶 Performance musical e poética com a força que o nome traz “Punho Fechado”. No elenco está Letícia Spiller, Adriano Petermann e Maureen Miranda, com música de Neco Yaros e Pablo Vares e Flavio Jardim.
De 29/março a 2/ abril e de 6 a 8/ abril.

Temos espaços intimistas,
garanta seus ingressos!

Celebrando boas idéias para o cultivo de um corpo social