Imagens

Americano cria bike para fugir das oficinas

Cansado de perder horas consertando sua bicicleta, o americano Dave Weiner criou uma bicicleta ultra resistente. Para arrecadar dinheiro, ele colocou sua ideia no site Kickstarter, onde conseguiu 20x mais do que precisava.

A bicicleta é feita especialmente para quem vive na cidade grande e a usa como meio principal de transporte.

Ela é toda feita de alumínio, que é mais barato do que fibra de carbono, normalmente usada em bicicletas. O material também deixa-a mais leve.

prioritybike1

Para fazer com que sua criação fique ainda mais tempo longe das oficinas, Weiner trocou as correntes por correias de transmissão e os pneus são de alta resistência, sendo muito difícil de perfurá-los.

Sua invenção já atraiu compradores e Weiner segue com uma loja em Nova Iorque. Seu lema é “a vida é curta demais para pedalar uma bicicleta ruim”.

View original post

Sábado dia 28/06

Sábado dia 28/06

Sábado dia 28/06
10h Oficina de customização de bicicletas
Local: Praça de Bolso do Ciclista. Gratuita

14h Oficina de tecnologia da panificação francesa com Bernard
(para adultos) Esta oficina trata desde a mistura dos elementos, suas características, amassar, assar e desinformar.
Local: Bicicletaria Cultural Inscrição: R$15,00

16h Oficina de tecnologia de panificação francesa com Bernard
(para crianças) Esta oficina trata desde a mistura dos elementos e características até a importância de como amassar o pão.
Local: Pça. Bolso do Ciclista Inscrição: R$10,00

16h Bicicletada. Gratuita

17h Noções básicas de Astronomia e Calendário Agrícola
com Mario Barbarioli.
Objetivando a implementação de hortas urbanas, comunitárias e domésticas tendo como ferramenta as fases da lua e a passagem pelas constelações zodiacais.
Local: Bicicletaria Cultural Inscrição: R$10,00

Neste domingo, 29, Festa Junina & Bazar Solidário, na Praça de Bolso de Ciclista

Neste domingo, 29, Festa Junina & Bazar Solidário, na Praça de Bolso de Ciclista

Doce Junho & suas festinhas

As mães do Grupo Educação Ativa de Curitiba se uniram com a ideia de arrecadar fundos para subsidiar a vinda do Grupo Órion, instrutores de Educação Ativa. Conheça melhor essa turma:

https://www.facebook.com/groups/159115510964380/

Essa Festa Junina está unindo forças da comunidade que quer integrar suas atividades à cidade, de modo aberto e harmônico. Neste caso, o evento traz animação, quentão de chocolate, brincadeiras e comes e bebes saudáveis para todos os públicos, principalmente para crianças, pois seus organizadores são mães, o movimento da Praça de Bolso do Ciclista, a Associação dos Ciclistas do Alto Iguaçu e a Bicicletaria Cultural.

Atrações:

10h Roda de Tambor
14h Quarteto Líberi com canções indígena
15h Banda Siricutico
Intervenção da Cia 60 de palhaços

Essa Retrospectiva são Olhares para o Futuro

Essa Retrospectiva são Olhares para o Futuro

O Fórum Mundial da Bicicleta está organizando uma exposição audiovisual retrospectiva. A exposição, intitulada ‘Essa retrospectiva são olhares para o futuro’, será inaugurada na próxima quarta-feira, 26 de março, e incluirá fotografias ‘convencionais’, vídeos e fotografias partilhadas através de Instagram e identificadas com o hashtag oficial do Fórum – #fmb3.
Para além de inaugurar o espaço ‘Curta na Foto’ do Museu da Fotografia Cidade de Curitiba, dedicado a exposições de curta duração, será a primeira vez que Curitiba recebe uma exposição cujo acervo inclui fotografias partilhadas através da rede social Instagram.
A inauguração começará pelas 18h, com concerto dos Nomad Magush e com coquetel vegano.
Mais informações emwww.facebook.com/retrospectivafmb3

***

Entre os dias 13 e 16 de fevereiro de 2014, Curitiba recebeu o 3. Fórum Mundial da Bicicleta. Nesse Fórum, muito para além de se discutirem políticas de incentivo ao uso da bicicleta na cidade e de promoção de uma mobilidade urbana sustentável, se quebraram barreiras e se abordaram temas bem mais abrangentes.

Constatou-se que a bicicleta faz parte de uma revolução que, através de várias manifestações, está se tornando cada vez mais visível. Uma revolução que está dando novamente destaque ao amor, que estápondo a tônica nas relações humanas e que busca nas cidades a base e o ambiente para essas mesmas relações. Uma revolução que está questionando os paradigmas vigentes, defendendo que as cidades se devem repensar e transformar em função das pessoas e não em função dos carros – bolhas que alienam em vez de aproximar. Daí que o tema do Fórum esse ano tenha sido “A cidade em equilíbrio”, que, por diversas vezes, se tenha escutado “Mais amor, menos motor”, que o próprio Fórum tenha sido feito de pessoas para pessoas.

Pessoas com diferentes olhares, diferentes perspetivas, mas unidas em busca de cidades mais humanas, mais equilibradas, mais livres e mais sustentáveis. Em suma, cidades com futuro. Essa exposição – de vocação temporária e itinerante – pretende dar voz a esses diferentes olhares, a essas diferentes perspetivas, perenizados através de vídeo, fotografia “convencional” e fotografia partilhada através de Instagram identificada com o hashtag oficial do Fórum (#fmb3). Não pretende reconstituir o evento – nem, tampouco, reunir todo o material de documentação captado durante o Fórum -, o que seria impossível e, cremos, um esforço inglório. Pretende antes ser um espaço de polinização cruzada entre arte e ativismo – puro “artivismo” -, mantendo o Fórum na memória comum e assinalando – assim como as obras que Mona Caron, Tom +Amor, Rimon, André Mendes, Thipan, entre muitos outros artistas, ofereceram à cidade de Curitiba – os ambiciosos objetivos que temos pela frente.

Por isso, essa exposição, apesar de recordar, de revisitar, tem os olhos postos no futuro.

MEMÓRIA & SOUVENIRS

MEMÓRIA & SOUVENIRS

O III Fórum Mundial da Bicicleta promoveu cerca de 90 atividades entre os dias 11 e 17 de fevereiro de 2014. Um marco na história da cidade e para o cicloativismo. Erguido e organizado sem fins lucrativos, foi amplamente elogiado e deixou diversos presentes para a cidade de Curitiba.

Além de elogiar a cidade, ocupar com criatividade, arte e cidadania os espaços públicos, o Fórum consolidou a implementação da Praça de bolso do ciclista logo aqui em frente da Bicicletaria Cultural.

Só podemos agradecer a todos os envolvidos, ao belíssimo trabalho em conjunto e aos expertises revelados!

E não é só essa a memória de todos este evento. Também é memória, esses lindos souvenirs oficiais com a qualidade Dentro d´Água que estão em liquidação aqui mesmo! Tem ainda camisetas infantis e camisas para ciclistas de várias cores e tamanhos. Venha conferir!

Em 2015, estarmos em Medellin, na Colômbia.
Viva a bike!!